Obsessão pelo Diabo


Achei engraçado um artigo que li na Internet mostrando situações do cotidiano que pode acontecer com qualquer de nós, crentes no Senhor, e que, invariavelmente, a responsabilidade sempre acaba sobrando para o inimigo:

– Deu uma topada no pé da mesa, a culpa é do diabo.

– Queimou o arroz, a culpa é do inimigo.

– Bateu o carro, o diabo se colocou no caminho.

– Martelou o dedo, o diabo é culpado.

– Levou multa de transito, o Diabo está se levantando contra mim.

– O chefe me deu uma chamada de atenção, o inimigo está furioso.

– Levei um fora da namorada, o diabo está lutando contra mim.

Diante de afirmativas como essa, fiquei pensando – como começou essa obsessão que se transformou em paranóia para uma boa parcela dos crentes? Da Bíblia é que não foi, pois isso é coisa da religiosidade popular que nem sempre tem um bom embasamento na Palavra.

Lembrei-me do apóstolo Paulo quando tomou um navio que foi sacudido por uma terrível tempestade, bateu nas rochas, sofreu naufrágio e quase que morreram todos. Não se ouve uma só palavra do apóstolo contra Satanás. Pelo contrário, ele havia percebido condições climáticas que desaconselhavam uma viagem de navio, e com bom senso deduziu que seria melhor permanecer onde estavam (ah, como falta bom senso em tantas decisões que tomamos, e depois a culpa sobra pra “ele”). De qualquer maneira, quando desembarcaram na ilha de Malta ele curou um homem enfermo e testemunhou do Deus vivo.

Virou moda culpar o diabo pelos desvios de caráter: preguiça, prostituição, adultério… dizem que é coisa do demo. Opinião equivocadíssima, pois a Bíblia diz que isso é “defeito” seu, você nasceu com ele, homem carnal. Está lá no seu “DNA espiritual”. Portanto assuma e mude de comportamento. Ao preguiçoso, por exemplo, Salomão manda observar as formigas: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso”. Não há nenhum “demônio da preguiça” na pessoa – ela que é “folgada” mesmo.

O próprio Jesus já ensinava: “De onde procedem a prostituição, o adultério, a malícia (Mc 7.21 )? Mais uma vez a origem do problema não vem de fora, mas de dentro: “É de dentro do coração do homem”. Mau comportamento, xingamento, gritaria é coisa do diabo? Pode ser que sim, mas normalmente é ignorância mesmo, falta de educação, falta de temor a Deus. E Paulo não manda expulsar nada, mas dá um conselho: “Longe de vós toda cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia, e bem assim toda malícia” (Ef 4.31). Ou seja, ele manda a pessoa tomar consciência desse comportamento inadequado, ridículo para um crente e parar com isso.

E quanto aos impedimentos que há em nossa vida? Será tudo obra do coisa-ruim? É verdade que aos tessalonicenses Paulo diz que “Satanás lhe barrou o caminho”. Muito bem, houve aí um discernimento espiritual e não uma obsessão do apóstolo. Ele próprio, no livro de Atos, diz que “tentamos ir para Bitínia, mas o Espírito Santo nos impediu” (At 16.7). E mais: o Espírito também o impediu de pregar a palavra na Ásia (At 16.6). Vejam: não foi Satanás, foi o Espírito Santo de Deus!

Deus também muitas vezes nos barra o caminho. Deus também coloca impedimentos. Se você não tiver um discernimento espiritual vindo do Alto não diga que é Satanás o que o Senhor está fazendo, pois você pode se ver lutando contra os céus. Imagine quantas vezes o próprio Senhor Jesus lhe impediu de continuar o seu caminho, impediu uma viagem sua, fechou-lhe uma porta, frustrou-lhe um plano…..

Há algum tempo esteve em nossa igreja o missionário que levou “bomba” na prova do Seminário e ele teve de voltar à sua congregação por ter sido reprovado. Obra do diabo? Não! E ele conta: “se eu não tivesse reprovado eu jamais conheceria a esposa que Deus havia me preparado”. Hoje eles são missionários no Senegal. Deus o impediu de terminar o curso de Teologia pois o queria casado e missionário!

Toda enfermidade tem origem no diabo? Depende. Foram poucos os casos de cura que Jesus mencionou tal coisa. Quando Paulo escreve a Timóteo, que sofria de “freqüentes enfermidades do estômago”, ele simplesmente manda tomar “um pouco de vinho” (como remédio), e ponto final. Não há nenhuma menção, nenhuma advertência, nenhuma explicação sobrenatural para a doença do jovem Timóteo. E o conselho de Paulo é simples: se cuida, e toma o remédio regularmente! Em outras palavras: para fatos e acontecimentos de origem natural, lida-se de forma natural. O Deus do sobrenatural também é o Deus do cotidiano. O Senhor do extraordinário também se manifesta no ordinário.

Com certeza evitaríamos muitos problemas e acidentes simplesmente se cuidássemos e fizéssemos aquilo que precisa ser feito. Vejam os exemplos que iniciei esse artigo:

1) Deu uma topada no dedão? Olha por onde anda, seja cuidadoso.

2) Queimou o arroz? Será que não é porque você foi para a sala ver TV?

3) Bateu o carro? Ah, sim, o farol estava vermelho e você achou que dava tempo.

4) Levou multa no trânsito? Ora, só porque não pagou licenciou o carro?

5) O chefe lhe deu bronca? Não seria por causa de sua 4a falta no mês?

6) Levou fora da namorada? Será que Deus não tem coisa melhor pra você?

Normalmente procuramos uma desculpa para tentar ocultar nossos erros, e não há nada melhor que jogar a culpa em outro !!!

Foi dado uma prova a um grupo de seminaristas, o tempo era de 60 minutos para concluir, o tema era: Fale sobre Deus e fale sobre o Diabo. Um seminarista começou a escrever sobre Deus, sua grandeza, sua obra e quando viu faltava 1 minuto para esgotar o tempo. Pegou rapidamente uma folha em branco escreveu o titulo Satanás. E logo abaixo escreveu: “Não ha tempo para Satanás”. Ganhou em primeiro lugar.

Anúncios
Published in: on 01/28/2010 at 8:48  Comments (2)  
Tags: ,

The URI to TrackBack this entry is: https://fabiomarcio7.wordpress.com/2010/01/28/obsessao-pelo-diabo/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. gostei de mais das mensagens postadas.contunuia na paz

  2. Obrigado Jesus Cristo, por eu poder fazer este agradecimento.
    Prezado Irmão em Cristo Fabio Marcio; comecei agradecendo a Deus, pois, pela misericórdia e graça, Ele te deu um dom e você o está usando para edificar a verdadeira Igreja de Cristo, que está em cada um de nós, como também aconteceu com os apóstolos. O irmão e apóstolo Paulo, navegava num barco entre os mares para que a verdadeira palavra de Deus chega-se aos judeus e gentios e você navega no blog para na internet levar aos gentios e judeus a verdadeira palavra de Deus. Vim hoje procurar um tema e tenho certeza que foi Jesus Cristo, como sempre faz, me fez chegar ao teu blog. Saio Feliz e edificado, pois, imprimi muito material para meditar na palavra de Deus. Que nosso senhor Jesus Cristo o continue abençoando e sei que o teu nome está sendo soletrado para compor um dia a relação dos fiéis filhos de Deus que estarão relacionados nas páginas do livro da Vida. Um dia quero conhecê-lo pessoalmente. Não sei se vai ser no mundo dos homens, mas. oro e quero manter a certeza de estaremos nos cumprimentando nos céus.
    Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
    Mateus 7:21
    Amém.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: